0
Dentro de CampoMemória

Eterno 04 de julho de 2012: A conquista da Libertadores da América

By 4 de julho de 2019 No Comments
Estádio do Pacaembu na noite de 04 de julho de 2012, final entre Corinthians e Boca Juniors

Para todo corinthiano, o dia 04 de julho de 2012 é eterno. Essa data marca a conquista de forma invicta da Libertadores da América pelo Corinthians. Com os dois inesquecíveis gols de Emerson Sheik (aos 8 min e aos 27 min do 2° tempo), o Timão derrotava o Boca Juniors em um Estádio do Pacaembu completamente lotado. Foram 39.959 pagantes, gerando uma renda de R$2.580.912,50.

A equipe corinthiana comandada por Tite foi a campo com a seguinte escalação:

24 – Cássio
02 – Alessandro (capitão)
03 – Chicão
04 – Leandro Castán
06 – Fábio Santos
05 – Ralf
08 – Paulinho
12 – Alex (Douglas – 43′ do 2° tempo)
20 – Danilo
11 – Émerson Sheik (Liédson – 46′ do 2° tempo)
23 – Jorge Henrique (Wallace – 47′ do 2° tempo)

Reservas:
01 – Júlio César
10 – Marquinhos
16 – Ramon
25 – Wallace
15 – Douglas
09 – Liédson
21 – Romarinho

 

A conquista da Libertadores era uma obsessão de todo Corinthiano. Com um trabalho organizado e bem planejado de Tite e do Departamento de Futebol, o objetivo foi alcançado. E ainda superado, pois ao final do ano, o Corinthians derrotaria o Chelsea no Japão e se tornaria bicampeão mundial interclubes FIFA.

Já se passaram 7 anos desde o título da Libertadores, mas para a Fiel parece que foi ontem. Ainda nos emocionamos com as imagens e vibramos com as narrações daqueles dois gols históricos. Isso torna aquela noite de 04 de julho de 2012 ETERNA!

#Libertados!

Frente Liberdade Corinthiana

Alessandro levanta a taça da Libertadores da América à frente de seus companheiros do Corinthians e da Fiel Torcida que lotou o Pacaembu em 04 de julho de 2012.

Foto: Joel Silva/Folha

Leave a Reply