0
Sem categoria

GUARANI-PAR DE NOVO? NÃO É POSSÍVEL!!!

By 13 de fevereiro de 2020 No Comments

O dia 12/02/2020 fica marcado por mais uma queda do Corinthians na competição mais importante das Américas. Novamente, diante do Guarani-PAR, o Timão foi eliminado da Libertadores de forma precoce. Mais do que uma eliminação em uma competição, a partida de ontem foi apenas outra consequência da ineficaz, incompetente, temerária e nefasta administração promovida pelo atual presidente Andrés Sanchez e seu grupo Renovação & Transparência, que há mais de 1 década acampou no poder do Clube e trata o Corinthians como quintal de seus interesses.

Como é possível o então desconhecido “Guarani do Paraguai” tornar-se uma pedra no sapato do bicampeão mundial Corinthians? Como pode um clube do porte gigantesco como o Corinthians, com uma das maiores e mais apaixonadas torcidas do chamado País do Futebol, ser constantemente prejudicado por arbitragens controversas e suspeitas, e dentro de nossa própria casa?? O que está acontecendo nas relações entre a instituição Corinthians e a Conmebol nos bastidores?? Aliás, falta de transparência é algo comum nas diversas administrações do grupo que ironicamente se chama Renovação & Transparência!

Após a lamentável derrota, a Fiel torcida foi obrigada ainda a assistir ao deprimente espetáculo proporcionado pelo presidente Andrés em declaração à imprensa. “Perdeu, perdeu. Chora, vai pra casa e vamos esperar o próximo jogo”, afirmou o poderoso chefão do Parque São Jorge. Errado, meu caro! Quem tem de ir para casa é o senhor, Presidente!

Some-se a essa desdenhosa declaração a manifestação de riso incontido durante o sorteio das chaves na Libertadores, com uma arrogância incompatível com a liturgia do cargo que ocupa, e teremos o retrato escarrado de uma gestão decadente e extremamente nociva ao Corinthians.

A Fiel está cansada de chorar por causa de seus incontáveis erros. Para não nos perdemos em generalidades, eis somente alguns deles e suas consequências nefastas:

  • Errou com a Odebrecht, entabulando um nebuloso acordo em relação àquilo que jamais poderia ser negociado (obras inacabadas e com defeito), deixando de lado a dívida de mais de R$1 BILHÃO, que continua sem solução! A consequência é que não temos mais o que alegar em defesa própria. A dívida com a OPI (Odebrecht Participações e Investimentos), grupo que está em recuperação judicial, não pode ser extinguida por acordo sem a anuência de seus credores. Ou seja, é praticamente impossível a OPI conceder o desconto que Andrés alardeou e prometeu…

 

  • Errou com a Caixa. Afirmou que estava com o pagamento em dia, quando na verdade não estava! A consequência é que estamos às voltas com um processo de mais de 600 milhões, sem contar os juros, e com risco de penhora de bens do Corinthians!

 

  • Errou na composição da diretoria, nomeando o investigado VICENTE CÂNDIDO, ex-sócio do banido MARCO POLO DEL NERO, como DIRETOR DE ASSUNTOS INSTITUCIONAIS! A consequência é que não existindo uma representação eficiente e de credibilidade, o Corinthians é constantemente prejudicado pelas decisões da CONMEBOL, mormente pela indicação de árbitros de péssima conduta.

 

  • Errou e continua errando ao insistir no descumprimento do estatuto. Consequentemente, há uma disseminação de revolta nos Conselheiros sérios, ilhando politicamente cada vez mais o alquebrado mandatário.

 

  • Errou na previsão orçamentária (acreditem: essa gestão projetou que chegaríamos muito adiante na libertadores!). A consequência é que as contas já nasceram reprovadas.

 

  • Errou no absurdo endividamento bancário. A consequência é que sem dinheiro, ficamos à mercê de equipes montadas “com o que dá”. E o que dá está muito abaixo das nossas reais necessidades.

 

  • Errou e continua errando nas relações perniciosas com empresários de jogadores e em inúmeras negociações claramente nocivas ao Corinthians. Foram várias as joias da base que não tiveram chances de mostrarem seu talento em times profissionais, sendo enviadas por empréstimo a clubes menores do cenário do futebol no Brasil, e com o Corinthians pagando os salários dos atletas. Outros jovens jogadores sendo dispensados, mesmo tendo muito mercado no futebol, e essas dispensas ocorrendo estranhamente quando os atletas deixavam de fazer parte do casting de determinadas empresas ou empresários. Contratações de jogadores sem expressão e sem qualquer destaque nos clubes onde atuavam, vindo para o Corinthians por valores absurdos e recebendo salários altíssimos. Contratação de filhos de diretores, conselheiros e de outras pessoas com peso em influência dentro do Clube, numa clara demonstração de uso do cargo para interesses pessoais ou de seu grupo político. Contratação de jogadores, como Yone González, que até há pouco tempo estava livre no mercado, mas só despertou o interesse do mandatário do Corinthians após ter vínculo firmado com outro clube. O caso Guilherme Arana, lateral sonho da Fiel, que despertou o interesse incontrolável da atual presidência, mas foi só o atleta mudar de empresário e as negociações foram encerradas (a alegação era que o Sevilla foi duro na negociação. Mas então, como explicar que o Atlético-MG conseguiu concretizar a contratação de Arana em tão pouco tempo e com o mesmo Sevilla??). Enfim, se formos elencar (não ELENKAR, por favor!) os casos de negociações esdrúxulas das gestões de Andrés Sanchez e de sua Renovação & Transparência, precisaremos escrever um ou mais livros de terror!

 

Andrés Sanchez não tem mais condições de ficar à frente do Corinthians. A Renovação & Transparência, seu grupo político, menos ainda. Os resultados de suas gestões são como um câncer corroendo as estruturas do Clube. Dívidas se avolumando a cada dia. Não há um planejamento sério de contenção de gastos. Negociações obscuras. Orçamentos não cumpridos. Desrespeito contínuo ao Estatuto. Completa falta de transparência nas informações, principalmente nas relacionadas às finanças do Clube. Patrocínios que pagam infinitamente abaixo do que vale a exposição junto à marca Corinthians. Constantes máculas ao nome da Instituição Sport Club Corinthians Paulista. É uma gestão moribunda, que nos arrasta cada dia mais para baixo, literalmente.

A queda precoce na Libertadores 2020 é apenas o prenúncio do que pode vir a acontecer ao Corinthians caso Andrés Sanchez e seus comandados, incluindo André Negão e Duílio Monteiro Alves, permaneçam à frente do Clube por mais tempo!

A Questão do Orçamento 2020

Hoje, 13/02/2020, haverá a votação do orçamento de 2020 do Corinthians. Esse orçamento é uma verdadeira peça de ficção! Contava, inclusive, com o Clube chegando pelo menos às oitavas-de-final da Libertadores. Tal fato já não é mais possível, mas ainda querem enfiar goela abaixo do Conselho a previsão orçamentária FURADA que criaram! Se esse orçamento fictício for realmente aprovado, prova que a grande maioria do Conselho não está nem aí para o futuro do Corinthians, dando força para que o caos completo se instale no Clube.

Precisamos de profissionais sérios para administrar o clube. Não há mais espaço para amadorismo na gestão de um dos maiores nomes do esporte no mundo! É imprescindível! É crucial! É urgente LIBERTAR o Corinthians! É para ontem!!!

 

Frente Liberdade Corinthiana

Leave a Reply