0
Opinião

JÁ CORTARAM A LUZ NO FIM DESSE TÚNEL!

By 27 de abril de 2020 No Comments

“Penso, logo existo”

René Descartes (La Haye en Touraine, 31 de março de 1596 – Estocolmo, 11 de fevereiro de 1650) foi um filósofo, físico e matemático francês.

Notabilizou-se não só pela frase inicial deste post despretensioso, mas sobretudo por seu trabalho revolucionário na filosofia e na ciência.

Ok, e daí? O que isso tem a ver com os dias atuais?

Tudo. Essencialmente tudo.

Não pensamos direito e não existimos direito em tempos de crise sanitária, crise política e também crise corinthiana (eu não poderia deixar de mencionar).

Enquanto o Brasil perde o rumo em face da pandemia, enquanto o governo vai paulatinamente se autofagindo, ENQUANTO NOSSO CLUBE SEQUER ORGANIZOU-SE para pagar uma simples conta de energia elétrica, a conclusão que forçosamente chegamos é que não pensamos direito.

Não pensamos. Não EXIGIMOS que a imprecisão administrativa cesse.
Não exigimos que os rumos técnicos sejam traçados por mandatários técnicos.
Não exigimos que contas muito mal prestadas sejam REPROVADAS!

A LIBERDADE da existência concreta só pode ser alcançada quando tivermos consciência das situações bizarras que nos cercam.

Abaixo os charlatões e os puxa-sacos empoderados. Suas intenções de eternização de domínio só se concretizarão caso continuemos não existindo.
Ou melhor, não pensando.

A lâmpada, símbolo das boas ideias, está apagada no Parque São Jorge. Ao que parece, o atual grupo que preside o Corinthians acostumou-se com a luz da lanterna.

 

FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA

Leave a Reply