Eleições 2020Noticías

É OFICIAL! FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA – CHAPA 21 LANÇA SUA CANDIDATURA AO CONSELHO DELIBERATIVO DO CORINTHIANS

Na noite de terça-feira, 22 de setembro de 2020, foi lançada oficialmente a candidatura da CHAPA 21 – FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA à eleição para o Conselho Deliberativo do Sport Club Corinthians Paulista.
O lançamento oficial contou com um evento musical ocorrido no VAR bar, de propriedade do repórter, radialista e empresário Alfinete (Pânico) e localizado no bairro da Vila Mariana, em São Paulo. O evento fez parte da programação do Resenha 21 e foi transmitido online no canal de YouTube e no Facebook da Liberdade Corinthiana. Contou ainda com transmissão no canal oficial do Craque Neto no YouTube (Craque Neto 10).
Com apresentação de Herói Vicente, o programa trouxe os componentes da CHAPA 21 – FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA, bem como suas propostas, ideais e lutas dentro do Corinthians pela ética, sustentabilidade e governança. Contou ainda com um belíssimo show de Ernesto Teixeira (também componente da Chapa 21), Faeti Ramos & Banda, interpretando sambas inesquecíveis sobre o Corinthians.
 
O Evento
O Resenha 21 Especial de lançamento da Chapa 21 – Frente Liberdade Corinthiana, feito no estilo “live”, começou ao som de “Liberdade! Liberdade! Abra as Asas sobre Nós!”, interpretada por Ernesto Teixeira e Faeti Ramos.
Herói Vicente estava ao lado de Antonio Craveiros, membro da Liberdade Corinthiana e idealizador do projeto que mudou o processo eleitoral Corinthiano, com a extinção do absurdo “Chapão” e instituição das “Chapinhas” de 25 conselheiros. Neto também participou da live, por videoconferência.
 
Um projeto ambicioso – Neto candidato à presidência do Corinthians em 2023
Durante o lançamento da CHAPA 21, Neto explicou as razões pelas quais deseja se tornar presidente do Corinthians. Segundo Neto, o Timão vive uma de suas piores crises financeiras; uma entidade do tamanho e potencial do Corinthians não poderia jamais dever dinheiro para fornecedores ou passar vergonha na imprensa por causa de inadimplência, como vem acontecendo nos últimos anos e nas últimas administrações. Todos estão cientes dos problemas do Corinthians, desde o mais humilde torcedor, passando pelos conselheiros, os associados e os diretores. Por esse motivo, uma mudança drástica nos rumos administrativos do Corinthians é condição essencial para o resgate da instituição e para fazê-la ser altaneira novamente.
“Eu não tenho sonhos em minha vida; tenho objetivos. O meu objetivo é ser o presidente do Corinthians por nossa Chapa 21. Nós podemos ter opiniões diferentes, mas temos um mesmo objetivo. O nosso objetivo é fazer com que o Corinthians saia do fundo do poço, porque o Corinthians está no fundo do poço financeiramente. Há a necessidade da mudança. E eu tenho certeza de que eu possa vir a ser um grande presidente.” – Neto.
Neto, assim como Herói Vicente, mostrou-se muito preocupado em relação ao futuro do Corinthians. O desequilíbrio financeiro e as atitudes tomadas pelas últimas administrações têm distanciado o Corinthians de sua verdadeira essência. Os títulos conquistados podem ter mascarado essa situação, que agora, mais do que nunca, se mostra insustentável. Assim resumiu também Herói Vicente:
“O Corinthians tem uma situação financeira muito difícil. Uma contratação a cada 26 dias, de acordo com o Vessoni e suas fontes confiáveis: não há finanças que resistam! Foi feito o contrato dos naming rights? Parabéns! Entretanto, em 1 ano de gestão Andrés Sanchez foram gastos o equivalente a 12 anos desse contrato de naming rights. Existe uma desproporção entre a despesa e a receita. – Herói Vicente.
Finalizando sua participação no evento, Neto resumiu o espírito e o ideal que unem a CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana:
“As pessoas que estão hoje na Chapa 21 não querem holofotes. A gente não quer holofotes, a gente não quer dinheiro, a gente não quer poder. A gente só quer que o Corinthians volte a ser o Corinthians.” – Neto.
 
A criação das Chapinhas e o fim do Chapão: uma conquista da Chapa 21 – Frente Liberdade Corinthiana
Ao lado de Herói Vicente no início do evento, Antonio Craveiro relembrou a luta pela aprovação das eleições ao Conselho Deliberativo para a implantação das Chapinhas de 25 integrantes, fato que inequivocadamente trouxe maior democracia ao Clube.
“O anseio corinthiano sempre foi de liberdade e de quebrar as ligações impossíveis de serem quebradas se não houvesse uma conscientização de que todos nós, corinthianos, temos um mesmo objetivo: o Corinthians precisa ser um clube altamente plural. E essa pluralidade foi conquistada quando a gente conscientemente se predispôs a lutar contra o Chapão. Isso fez com que todos os corinthianos pudessem desenvolver a mesma ideia que sempre foi o norte da nossa instituição, que é ter o Corinthians sempre grande, altaneiro e buscando uma única coisa: vitória, vitória, vitória. – Antonio Craveiro.
 
A necessidade de uma profunda reforma estatutária
Além de Craveiro, vários outros membros da Frente Liberdade Corinthiana – Chapa 21 marcaram presença. Um deles foi Leandro Cano, juiz de Direito e atual conselheiro eleito do Corinthians. Segundo Leandro, um dos atos mais urgentes para que o Corinthians consiga sair da pior crise de sua história é uma forte mudança estatutária, de modo a trazer maiores responsabilidades para os conselheiros:
“Todos nós gostamos de títulos. Mas os títulos mascararam muitas irregularidades que existem no Corinthians. A situação do Corinthians é tenebrosa do ponto de vista administrativo-financeiro. E em minha opinião, há a necessidade premente de uma alteração estatutária. Sem uma mudança firme no estatuto, com certeza não sairemos dessa situação. Essa reforma é no sentido de criação de uma responsabilidade para os conselheiros, que devem ser responsáveis por todos os seus atos, corresponsáveis por tudo aquilo que eles votam.” – Leandro Cano.
Outro item que corrobora para a urgente necessidade de mudanças estatutárias é o fato de constantemente os últimos mandatários simplesmente passarem por cima do Estatuto, sem que nenhum tipo de sanção recaísse sobre eles. Foi em razão disso que a Frente Liberdade Corinthiana protocolou uma ação na Justiça para destituição de Andrés Sanchez do cargo de presidente do Corinthians, por infringir inúmeras leis e cometer atos de gestão temerária.
Nos últimos tempos, nós observamos o total desrespeito à nossa bússola maior, que é o nosso Estatuto, e a diversas leis, como por exemplo, o Código Civil, o ProFut, Lei Pelé, Estatuto do Torcedor… Nós conseguimos angariar todos os elementos, para não entrarmos em uma aventura jurídica. E temos fé em Deus de que teremos êxito nessa ação judicial. Logo teremos notícias efusivas a respeito desse assunto.” – Leandro Cano.
Também a questão da eleição do mandatário do Corinthians demanda uma ampla reforma estatutária. Ricardo Buonomo ressalta esse ponto ao comentar que um Clube com mais de 35 milhões de apaixonados tem seu destino definido por pouco mais de mil pessoas. O desejo da torcida corinthiana de que o Fiel Torcedor tenha direito a voto é parte também dos anseios da CHAPA 21 – Liberdade Corinthiana. Porém, com regras estipuladas, sem reduzir os direitos dos associados do Corinthians e de forma a trazer mais receitas financeiras. Outra forma para alcançar maior participação nas eleições é permitir que cônjuges de titulares também tenham direito a voto, assim como dependentes maiores de 18 anos. Porém, sem uma reforma no estatuto, isso não será possível.
Além dessa necessidade, Buonomo aponta que é urgente mudar a forma de votação, que hoje ocorre em sistema de turno único, para um modelo de eleição em dois turnos: “Os últimos presidentes do Corinthians foram eleitos contra a vontade da maioria dos eleitores. O ideal é que sejam eleições em dois turnos. Mas para isso acontecer, a CHAPA 21 precisa ser eleita. Nós defenderemos isso no Conselho.”
Herói Vicente destacou muito a importância do Conselho Deliberativo na reforma estatutária, reforçando a necessidade de o sócio eleitor do Corinthians escolher bem e com critério a chapa na qual votará: “A nossa função (de conselheiros) é muito mais importante do que sonha a maior parte dos frequentadores do Clube. Não há uma dimensão exata da importância do Conselheiro. Quando se fala, por exemplo, em flexibilizar um pouco as regras ou mesmo para dar o valor que a mulher tem que ter dentro do Corinthians, isso passa necessariamente por reforma estatutária. E isso não é ato da diretoria ou da presidência. Isso é ato do Conselho Deliberativo.”
 
A representatividade feminina no Conselho Deliberativo e na vida política do Corinthians
Susy Miranda é a voz feminina dentro da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana. Inconformada com a baixa representatividade da mulher nos Conselhos e nas Diretorias do Corinthians, Susy luta para que a igualdade de gênero seja estabelecida.
“Você sabe qual é a porcentagem de mulheres que fazem parte do Conselho Deliberativo do Corinthians? Menos de 6%! É muito pouco! Isso precisa ser revertido. A mulher não tem voz no Corinthians. A diretoria eu duvido que tenha mais do que 5% de mulheres.” – Susy Miranda.
Outra distorção que prejudica demais a representatividade da mulher no Corinthians é o fato de o título social familiar possuir a figura de um único “sócio titular”, chamado de “sócio 00”. Assim, caso o titular tenha um(a) cônjuge, ficará com o papel de “sócio 01” daquele título. Acontece que o “sócio 01” não tem direito a voto nas eleições. Somente o sócio titular pode votar. Como na maioria das vezes é o homem que ocupa a posição de “sócio 00”, muitas mulheres ficam alijadas do direito ao voto. Isso também corrobora para a baixa representatividade feminina nos Conselhos e Diretorias do Corinthians. Para mudar isso, a CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana vem tentando aprovar propostas para aumentar a presença feminina nas decisões dos rumos do Corinthians. E isso influenciou na opção de Susy pela CHAPA 21: “Uma das razões que me fizeram escolher a Frente Liberdade Corinthiana foi porque eu soube que a CHAPA 21 entrou com uma proposta para que cônjuge do sócio titular, que na maioria das vezes é a mulher, também tivesse direito a voto nas eleições do Clube.”
Susy ainda completa: “A minha luta será para aumentar a participação feminina dentro do Corinthians, para que ele não seja um Clube exclusivamente masculino. Tudo é feito focado no homem. O estatuto inteiro é focado no homem. Isso não está certo.”
 
A votação das contas de 2019
Outro assunto abordado são as contas de 2019 do Sport Club Corinthians Paulista, que deveriam ter sido votadas até abril de 2020, mas que até agora não foram colocadas em votação. A alegação para a não votação da contas de 2019 é o risco causado pela COVID-19. Porém, Leandro Cano questiona: “Se pode fazer eleição, por que não pode votar as contas? É a pergunta que não quer calar!” Ainda de acordo com Leandro, o desrespeito ao Estatuto provocado pela não votação das contas poderá caracterizar uma infringência do presidente do Conselho Deliberativo, Antonio Goulart. A Frente Liberdade Corinthiana – CHAPA 21 está atenta a todos esses acontecimentos.
 
Ética, Governança e Sustentabilidade
O ideal primário da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana está pautado na transparência e na honestidade, buscando o melhor para o Corinthians e, obviamente, na obediência ao Estatuto. Esse ponto foi ressaltado pelo conselheiro Alexandre Zinetti, membro da CHAPA 21 – Liberdade Corinthiana, para explicar a sua escolha em entrar para essa Frente: “Eu tive vários convites para entrar em outras chapas. O que me preocupava era escolher uma chapa que tivesse os mesmos ideais e princípios de honestidade que sempre o meu pai me ensinou. Quando fui convidado pela CHAPA 21, eu tive a oportunidade de conhecer os seus integrantes e fiquei impressionado com a postura de transparência e honestidade que todos demonstraram. Eu tenho a certeza de que fiz a escolha mais correta de toda a minha vida.”
José Victor Tarabay, conselheiro e integrante da CHAPA 21 – Liberdade Corinthiana, ressalta que não é fácil ser conselheiro do Corinthians. A luta por fazer a coisa certa e em prol do Clube é bastante árdua. Não é fácil ser conselheiro, não. Aqueles que pensam que vão entrar lá e ter vida fácil, só se você se render ao ‘encanto da sereia’. Mas se você quiser fazer o certo, pode ter certeza de que não vai ser fácil. Tarabay resumiu muito bem a luta diária da Frente Liberdade Corinthiana contra as forças que hoje dominam o poder no Corinthians e que estão provocando a maior crise de toda a história do Clube.
“Quando você vota na CHAPA 21 – Liberdade Corinthiana, você não está elegendo só o Herói, só o Neto, só a Susy… Você está elegendo um IDEAL. Por que “Liberdade Corinthiana”? Porque no nosso entendimento, da CHAPA 21, o Corinthians tem que se libertar. Não é por acaso que nosso logotipo tem alguém se libertando de um grilhão. A gente vem há mais de 12 anos lutando para se libertar desse grilhão opressivo. E é a Verdade que pode nos libertar! – Herói Vicente.
 
Fiscalizar e cobrar os gestores em prol do Corinthians
Uma das missões da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana é fiscalizar e cobrar os gestores do Clube. Assim, a Liberdade Corinthiana vem há mais de 5 anos realizando uma oposição verdadeira, consciente e responsável, a fim de evitar que interesses pessoais ou de grupos fiquem acima dos interesses do Sport Club Corinthians Paulista.
O grande desafio é derrotar as forças contrárias à eleição da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana. Essas forças situacionistas não desejam que um grupo atuante chegue ao Conselho Deliberativo, tornando-se um forte adversário aos interesses pessoais. São essas forças que estão arruinando a governança e a sustentabilidade financeira do Timão e jogando o Corinthians na pior crise financeiro-administrativa de toda a sua grandiosa história.
Eleger a CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana é a solução necessária para evitar que interesses alheios levem o Corinthians a uma situação ainda mais crítica e insustentável.
 
Independente do que os outros pensam, temos que seguir os nossos princípios. – Gildo Luque.
 
O desafio da gestão
Um item muito debatido no evento de lançamento oficial da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana é a gestão do Sport Club Corinthians Paulista. Vivendo a sua pior crise desde sua fundação, o Corinthians vem sofrendo nas mãos de gestores que não demonstram o mínimo conhecimento administrativo-financeiro. Há um forte desequilíbrio entre as receitas geradas pelo Corinthians e seus débitos. Além disso, uma péssima condução dos negócios do Clube realizada pelo atual mandatário, Andrés Navarro Sanchez, tem transformado o dia a dia do Corinthians em um verdadeiro mar de irregularidades, má gestão, conduta temerária e desrespeito aos princípios mínimos de governança e de transparência. O Corinthians, uma verdadeira máquina de gerar receitas, amarga prejuízo atrás de prejuízo. Só em 2019, o déficit ultrapassou os R$200 milhões. Isso significa que em apenas 1 ano, Andrés Sanchez e seus aliados da Situação, gastaram o equivalente a 12 (DOZE!) anos de receitas provenientes dos naming rights, tornando um colapso financeiro do Corinthians cada vez mais iminente.
É para lutar contra esse tipo de arbitrariedade administrativa e para evitar que o nome, a história e o patrimônio do Sport Club Corinthians Paulista sejam colocados em risco que sócios e torcedores resolveram se juntar e montar a CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana.
A gente poderia estar em casa, tranquilo, mas não. A gente está quebrando a cabeça tentando trazer um pouco de gestão, de melhores práticas, tentando organizar a bagunça instaurada em nosso Clube. Não adianta só ficar reclamando em casa. A gente tem que levantar e tentar investir o nosso tempo na melhoria do nosso Clube. –  Celso Campello.
Espero um triênio de muita luta, para nós recolocarmos o Corinthians nos eixos, para que nós possamos fazer um novo desenho administrativo e financeiro de nossa instituição, para que o Corinthians possa voltar aos patamares do primeiro lugar, que é de onde nós não deveríamos ter saído jamais. – Thales Oliveira.
O Corinthians precisa de uma reforma administrativa urgente! O próximo presidente vai assumir uma dívida homérica. Só contratando profissionais em cada área talvez se consiga em um curto espaço de tempo tirar o Corinthians dessa situação.– Leandro Cano.
Precisamos resgatar no Corinthians uma gestão profissional, uma melhor gestão comercial, financeira. Precisamos resgatar valores. E para isso, buscar no mercado gente competente, mudar estatuto, fazer com que o Corinthians seja gerido como um grande negócio. Nós temos 40 milhões de torcedores querendo consumir Corinthians, precisando consumir Corinthians. O que vai trazer de receita isso para o Clube é algo infinito. – Halison Gris Peres
 
O abandono do clube social
A situação de penúria do clube social do Corinthians também não foi esquecida. Há muito tempo o associado vem percebendo que faltam investimentos nessa área. Além disso, a receita gerada pelo clube social acaba sendo utilizada também para manter vários esportes amadores, aumentando o déficit gerado por essa área no balanço final do Corinthians. Por conta disso, muitos torcedores acabam achando que o clube social gera apenas prejuízo para o Timão, o que não é a realidade.
Durante o período da quarentena imposta pelo Governo de São Paulo como medida preventiva contra a Covid-19, reportagens mostraram situações de abandono do patrimônio do Corinthians. Entre essas reportagens, duas chamaram demais a atenção de todos: as piscinas com águas turvas e esverdeadas e o caso dos torcedores adversários que conseguiram, sem qualquer esforço ou impedimento, invadir a nossa Arena e fazer pichações em paredes e gramado, demonstrando falhas gravíssimas na segurança do patrimônio do Clube.
“Nosso Clube está abandonado, está com déficit monumental, mais de R$60 milhões de déficit só no Clube Social e Esportes Amadores, uma condução terrível em relação à estrutura do Clube em si, fora toda a questão do futebol.” – Celso Campello.
O Clube precisa de sustentabilidade nos esportes de alto rendimento, que são o principal ponto de desequilíbrio das contas do social, vez que são lançadas essas despesas embaixo desse guarda-chuvas. Porém não temos nem diretor de marketing! Como gerar receitas sem um departamento altamente especializado? – Mauricio Nale.
A atuação da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana visa cobrar dos responsáveis um maior respeito ao clube social, bem como a todos os associados. A Liberdade Corinthiana foi o único grupo a protocolar junto à Diretoria do Corinthians requerimento para que os direitos dos associados durante a pandemia fossem respeitados, inclusive na questão financeira. Nenhuma resposta oficial da Presidência do Corinthians foi dada a essa nossa demanda.
 
Conflito de interesses
É de conhecimento geral que existem conflitos de interesses dentro do Corinthians. Vários casos foram divulgados na imprensa sobre situações desse tipo. Seja no Conselho Deliberativo, em outros Conselhos do Clube ou na Diretoria. A Frente Liberdade Corinthiana – CHAPA 21 tem lutado constantemente e sem medir esforços para denunciar e combater os conflitos de interesse entre membros de cargos no Corinthians e empresas, tentando evitar, assim, situações que possam gerar relevantes perdas financeiras para o Clube ou riscos à imagem e ao patrimônio da instituição.
Também em relação à postura pessoal, todos os integrantes da CHAPA 21 – Frente Liberdade Corinthiana têm o compromisso de não aceitar nenhum tipo de troca de favores ou atos que possam gerar conflitos de interesse. Assim resumiu o Conselheiro Maurício Nale, membro atuante da CHAPA 21 – Liberdade Corinthiana: “O único grupo hoje que pode falar que faz alguma coisa em prol da instituição Sport Club Corinthians Paulista é a Liberdade Corinthiana. Nenhum membro de nossa Chapa 21 aceitou cargos, convites para participar de viagens, convites para camarotes, convites para coisa alguma que viesse da diretoria do Clube em troca de votos.
 


 
Veja fotos do evento:
[crellyslider alias=”evento_de_lançamento_oficial_da_frente_liberdade_corinthiana_-_chapa_21″]
 
® Frente Liberdade Corinthiana – CHAPA 21. Fotos: Maíra Nakahara.
 


 
Assista na íntegra ao programa Resenha 21 – Especial de lançamento oficial da Chapa 21 – Frente Liberdade Corinthiana.

 
FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA – CHAPA 21
Só a Verdade libertará o Corinthians!

Postagens Relacionadas
CampanhasEleições 2020Mulher

A REPRESENTATIVIDADE DA MULHER NO CORINTHIANS - ENTREVISTA COM SUSY MIRANDA

A representatividade feminina no Corinthians está muito aquém do que as mulheres efetivamente…
Leia mais
Eleições 2020

21 RAZÕES PARA VOTAR E ELEGER A CHAPA 21 - FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA PARA O CONSELHO DELIBERATIVO DO CORINTHIANS

QUER SABER O PORQUÊ DE VOTAR NA CHAPA 21 PARA O CONSELHO DELIBERATIVO DO SPORT CLUB CORINTHIANS…
Leia mais
Eleições 2020Nota Oficial

A QUALIDADE E A COMPETÊNCIA COMPROVADA DOS INTEGRANTES DA FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA - CHAPA 21

A formação da FRENTE LIBERDADE CORINTHIANA – CHAPA 21 primou por trazer pessoas da mais alta…
Leia mais
Newsletter
Torne-se um criador de tendências
Inscreva-se no Liberdade Corinthiana, feito sob medida para você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.